03 janeiro 2015

O que aprendi com 2014

Oi amores,tudo bem?

Eu não sou de falar muito de mim,aqui no blog,até porque eu não sei se vocês tem interesse em saber o que eu faço e deixo de fazer da vida. rsrs. Mas hoje quis compartilhar um pouco das coisas que aconteceram comigo ao longo de 2014. E pode ter certeza que algumas coisas eu irei levar de aprendizado.


Ao longo do ano de 2014,algumas coisas aconteceram. Coisas que não estavam nos meus planos,e as que eu gostaria que tivesse acontecido,mais um vez foram adiadas. Lembro que no começo do ano passado eu queria muito fazer uma tatuagem,na verdade eu sempre quis,pelo simples fato do meu pai ter e eu achar bonito tanto nele quanto   em outras pessoas,sempre foi uma coisa a qual eu desejei. Mas com a coragem que eu tenho,nem tão cedo irei fazê-la morro de medo de agulha,e sim até hoje eu choro para tomar vacina. Me julguem.  

Aprendi,que as coisas acontecem quando você menos espera. Pois é,em 2014,eu não esperava de forma alguma começar a namorar. E bem no começo do ano,fui surpreendida por esse fase incrível a qual estou vivendo.  Ele é o meu primeiro namorado sério,de apresentar pra família e tal. E estou feliz,por minha família tê-lo recebido tão bem.


Pude aprender também que ninguém vive de Mcdonald's e subway,muitas vezes deixava de comer o arroz com feijão,para me deliciar com os  fast food. E só eu sei o quanto isso me fez mal. Outra coisa muita louca que fazia era de ficar sem almoçar,as vezes,eu acordava um pouco mais tarde,e puft trocava  o almoço pelo café. Quem visse ia até achar que eu ainda estava de férias.


Só isso já era suficiente para eu criar vergonha na cara e cuidar melhor da minha saúde né? Mas,em outubro tive infecção urinária,e foram os piores dias da minha vida, eu morria de frio,enquanto BH fazia um calor de quase trinta graus,sentia dores horríveis nas costas. E anta aqui,devia ter procurado um médico,logo quando começou a sentir as dores,mas não. Fique naquela expectativa de que fosse passar e de que  seria apenas um mal estar. Quando eu procurei um médico,a infecção já estava atingindo os rins e precisei ficar internada durante três dias. #bad


O ano 2014 me fez o favor de ensinar  que: NUNCA DEVEMOS DEIXAR AS COISAS PRA ÚLTIMA HORA. Todo final de semestre já é corrido,e eu e meu grupo acabávamos priorizando algumas outras atividades nossa,e deixávamos  nossos trabalhos para fazer na semana em que eles seriam entregue.  Até que um belo,dia tínhamos que entregar uma matéria de radiojornalismo e no dia  ela não estava pronta. A gente até poderia fazê-lo em casa,mas precisávamos do laboratório de áudio,para montá-la. Foi mais sufoco ainda,porque não tinha horário disponível,até que aconteceu um milagre,e conseguimos um horário e entregamos o trabalho nos quarenta e cinco minutos do segundo tempo. #Criarvergonhanacara.


Tenho tentado superar alguns medos, passei a ouvir mais o meu coração e a ter mais confiança nas coisas que eu faço. As vezes tenho o medo de fracassar em tudo,do blog não dá certo, de tomar pau na faculdade. Mas estou apreendendo a lidar com isso, e tentando superar esses empecilhos que aparece no meio do caminho.E eu espero poder continuar superando-os neste ano que se inicia.


 Se você leu até o final,muito obrigada pela atenção,se quiserem eu compartilho outras coisas pessoais aqui. Um super beijo e até mais :D
Postado por Ana Carolina Dias às 00:09
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Eu também tive uma época que só comia besteiras e também acabou me fazendo mal e também aprendi que não se vive só disso ahahaha vivendo e aprendendo ne? Adorei o texto e Feliz 2015. Tudo de melhor para você! Um beijaooo

www.fashionworldbykaren.com

Postar um comentário

Olá, é um grande prazer ter você aqui no blog, fique a vontade. Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo ,mas evite mensagens (seguindo,segue de volta) Beeijos ♥

PageRank