16 janeiro 2014

Gravidez - Brizza Martins

Gravidez sempre foi um assunto tabu em nossa sociedade ainda mais quando a mulher engravida cedo. Algumas pessoas têm o costume de opinar sobre a vida daquela menina e julgá-la sem saber o que realmente aconteceu. Ano passado a blogueira Brizza Martins passou por isso e nos contou como foi .



Nome: Brizza Dayane Gomes Martins

Idade: 19 anos

Foi planejada sua  gravidez? Não, não foi planejada, mas acredito que foi no tempo certo. Afinal, tudo é no tempo de Deus, não é mesmo!

Quando descobriu que estava grávida foi muito difícil contar para seus pais? Como foi a reação deles? Descobri que estava grávida bem no finalzinho de fevereiro do ano passado, minha menstruação atrasou e resolvemos fazer o teste de farmácia, juntos! Dai quando vimos as os ‘’risquinhos’’ rosas, não acreditamos, comecei a chorar, ele logo deu um sorriso e me abraçou. Na mesma hora fui encontrar com a minha mãe, contei e ela achou que fosse brincadeira, quando comecei a chorar caiu a ficha dela. Na época, eu estava meio chateada com o meu pai, mas, mesmo assim eles ficaram felizes e me apoiaram.

Como foi a reação do seu namorado? Ah, ele ficou muito feliz, era o sonho dele, quero dizer nosso sonho!

E para você foi muito difícil de cair a "ficha''? Não, não foi tão difícil. Porém, na hora não acreditei que fosse verdade. Mas, assim que descobrimos, meu namorado já postou uma foto de minha barriga no facebook, contando para todos os amigos.

As pessoas ainda tem muito preconceito com quem engravida nova, você sofreu alguma coisa do tipo? E como tem! A maioria das pessoas me olhavam de forma estranha, e isso era muito triste. Mas com o apoio da minha família, dos meus amigos, do meu namorado [...] não me deixei abalar por nada, nem por ninguém

O que aprendeu com a chegada do seu filho? A chegada do meu filho foi a melhor coisa do mundo. Aprendi a me importar bem mais com as pessoas que estão ao meu redor, aquelas que valem a pena, sabe?! E percebi que apesar da minha pouca idade sou mulher suficiente para assumir meus atos. 

O que você pode deixar de conselho para quem está passando o mesmo que você? Para aquelas que estão passando por tudo que passei, não desistam, um filho é uma benção e ele te trará toda a felicidade do mundo. E outra coisa não se importe com o que irão falar ou como vão te olhar, não serão essas pessoas que vão cuidar ou comprar a comida do seu bebê, então não tem porque se preocupar. A vida é sua! 

                                             Brizza e seu bebê 

Alguém já passou ou está passando por algo parecido ? Beijos 

Postado por Ana Carolina Dias às 20:29
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Ola tudo bem ??
eu vivi isso e não me arrependo de nada foi maravilhoso
e realmente não podemos nos importar com o que os outros falam o importante é vocÊ e o baby
te espero no meu blog

http://arianetorrezandesouza.blogspot.com.br/

beijos
Que lindoo! Amei vc ter falado sobre isso, Ana! É um assunto polêmico e vc mostrou o lado de quem mais sofre. Tenho amigas q passaram por isso e qdo elas me contam certas coisas é mto triste, sabe. Já julguei, hoje me perguntou quem sou para poder julgar alguém e, por mais que ainda julgue algumas vezes, tento me deter e chamar minha atenção.
Brizza, foi lindo ler sobre você! Parabéns! Seja sempre forte ^^
bjoo, meninas!
Violetas Roxas | Facebook | Instagram | Twitter | Youtube
Ai que fofo! Eu tenho muito medo disso acontecer :/

tem menos que 16 anos e quer arrumar um emprego? corre lá pro blog que eu falei disso no post de hoje: http://pymenta-doce.blogspot.com.br/2014/01/primeiro-emprego-jovem-aprendiz.html ;)
Compreendo perfeitamente o que a Brizza passou, eu engravidei aos 14 anos e muita gente me julgou dizendo que eu não iria querer mais nada com a vida, que eu iria parar de estudar, que eu não ficaria com o pai da minha filha, em fim... existem pessoas que não enxerga a felicidade alheia e falam o que não sabem! Engravidei sim, porém não foi planejado mas a chegada da minha princesa foi de braços abertos. Hoje tem 21 anos sou mãe de uma menina que vai completar 7 em março, tenho a minha casa, trabalho e daqui á 3 anos vou terminar minha faculdade de psicologia e pretendo me casar vestida de noiva (já moramos juntos) com o meu primeiro amor que está ao meu lado até hoje *---*.
Filho é uma bênção e se Deus te deu é por que algo maravilhoso ele planeja em sua vida.

Convido á você e todos os seus leitores á vir participar do sorteio literário no meu blog.
Beijocas http://meudiva1.blogspot.com.br/
Oi linda! Eu passei por isso sim! Só que ao contrário de Brizza eu não tive pai nem mãe para me apoiar. Perdi minha mãe com 1 ano de idade. Ela ficou gravida de mim aos 17 anos e depois aos 18 engravidou novamente de minha irmã. Ela sofreu complicação pós parto e faleceu com apenas 19 anos. Meu pai nem ligou para mim e minha irmã, ele deixou nossos avôs paternos com nossa guarda e foi embora com outra mulher.
Eu segui o ritmo da minha mãe engravidei com 17 anos no pior momento possível. Briguei com minha avô e sai de casa dois meses depois já estávamos nos falando a minha menstruação nessa época começou a atrasar. Minha avô estava doente sofreu um ataque e foi parar na CTI de um hospital. Fiquei com medo de falar alguma coisa para ela e ela morrer, além do que eu nem tinha certeza. Ela morreu sem saber que eu estava gravida. Não tive ninguém para me apoiar alem de meu companheiro e minha irmã, minha família resumia agora em minha irma, meu marido, e duas tias só!
Passei por muitos momentos difíceis e resolvi fazer um vlog, ele tem apenas um vídeo ainda, mas vou dar continuidade até por que quando meu filhote for grande ele vai poder conhecer a história da mãe!
Acredita que minha irmã também esta gravida? Também aos 17! Que coisa!!! rsrs
www.mininamulher.com
OI meninas, a Ana ta sem internet agora (sdds dela :/) mas tenho certeza de que ela ficaria super orgulhosa do comentário de vocês. Tive uma ideia bem legal com eles, logo logo mais novidades sobre isso.
Fiquei feliz que vocês compartilharam suas histórias conosco, é bom saber um pouco mais de cada uma ♥ Beijos
Ah, que felicidade dividir minha história com vocês. É muito bom ver que ainda existem pessoas boas no mundo, que não te julgam, não te condenam [...] me senti tão amada, rs
Obrigada, Ana. Foi uma prazer, viu?!
Beijos, e beijos!

Bri do http://www.eighteensoon.com/ ♥

Postar um comentário

Olá, é um grande prazer ter você aqui no blog, fique a vontade. Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo ,mas evite mensagens (seguindo,segue de volta) Beeijos ♥

PageRank