14 julho 2013

Monomania,nossa obsessão.

    As vezes começamos a ouvir um álbum porque ele estourou, outras por pura e espontânea pressão por parte de algum amigo mas em algumas raras vezes, a gente simplesmente "esbarra" com ele pela internet e se sente incrivelmente feliz por isso.Comecei a escutar Monomania no deezer porque achei a capa divertida e reconheci a Clarice do Porta dos Fundos. Simplesmente por isso, sem nenhum tipo de expectativa ou pretensão e com certeza não estava esperando amar tanto cada detalhe dele.


  Monomania tem como definição a obsessão doentia
 por alguma ideia, objeto ou pessoa. 

  O estilo do álbum foge do pop desgastado e pode ser diferente para muita gente por cair mais para o lado da MPB, mas as letras deliciosamente psicóticas e engraçadas cantadas pelo timbre encantador da Clarice superam facilmente a estranheza que o ritmo pode causar em alguns ouvidos. O ritmo,que aliais, combina perfeitamente com cada palavra que ela canta, se torna um dos fatores que fazem as 14 músicas serem tão gostosas de ouvir e cantar. 

"É um CD com o ponto de vista da pessoa apaixonada. É sobre como a gente fica idiota, pateta, obsessiva, paranoica e um pouco maluca".  - Clarice Falcão.

 O que eu bebi por você.Dá pra encher um navio.E não teve barril.Que me fez esquecer.O que eu bebi por você Nunca artista bebeu,Nem pirata bebeu, Nem ninguém vai beber



Quando eu te vi fechar a porta eu pensei em me atirar pela janela do 8° andar,Invés disso eu dei meia volta e comi uma torta inteira de amora no jantar.



Se não fossem as minhas malas cheias de memórias.Ou aquela história que faz mais de um ano.Não fossem os danos.Não seria eu.Se não fossem os ais.E não fosse a dor.E essa mania de lembrar de tudo feito um gravador.




Monomania é um álbum, adorável que cumpre exatamente aquilo que promete e é exatamente por isso que minha nota foi tão alta. Espero por um show da Clarice aqui no litoral e acho que vocês também vão depois de ouvir ele.


Postado por Byanca Pinheiro às 19:26
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Amo, vivo, sou Clarice Falcão!
Ela é simplesmente a maior poeta contemporânea.
Só acho que o trabalho dela merece mais reconhecimento.

http://www.desatando-nos.com/
Adoro a Clarice, comecei a ouvir as canções dela pelo youtube, quando sem querer esbarrei com "Todos os loucos do mundo" e depois fui para "Monomania", "Macaé" e assim não consegui mais parar de ouvir.

www.gabiaprova.blogspot.com
Adoro esse álbum e espero que os próximos mantenham essa qualidade GABI FERREIRA.

Postar um comentário

Olá, é um grande prazer ter você aqui no blog, fique a vontade. Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo ,mas evite mensagens (seguindo,segue de volta) Beeijos ♥

PageRank